Para líder do projeto, propaganda no céu é o próximo passo lógico da publicidade

A startup russa StartRocket está pensando à frente. Bem à frente. Para a equipe liderada por Vlad Sitnikov, o próximo local a ser ocupado pela publicidade é o espaço. Ou pelo menos parte dele.

A empresa quer exibir anúncios enormes em estilo outdoors no céu noturno usando arrays de cubesats. No vídeo conceitual, a empresa mostra o que parecem ser os logotipos McDonald’s e KFC pairando no céu como novas constelações. Aos olhos humanos, a publicidade vai se transformar numa pequena estrela.

” Vamos viver no espaço”

Segundo o líder do projeto, Vlad Sitnikov, essa mercantilização do céu noturno é o próximo passo lógico da publicidade. “Somos governados por marcas e eventos”, disse ao Futurism. “O Super Bowl, Coca-Cola, Brexit, as Olimpíadas, Mercedes, FIFA, Supreme e o muro mexicano. A economia é o sistema sanguíneo da sociedade. Entretenimento e publicidade estão em seu coração. Vamos viver no espaço e a humanidade começará a entregar sua cultura ao espaço”, previu.

O discurso da startup, aliás, é bem lúdico. Eles evocam até mesmo uma fala famosa de Andy Warhol no site oficial para justificar o projeto:  “A coisa mais bonita em Tóquio é o McDonald’s. A coisa mais bonita em Florença é o McDonald’s. Pequim e Moscou ainda não tem nada que seja bonito”.

Mas, obviamente, o projeto dividiu opiniões. “Ideia horrível! Encher o nosso céu com lixo, sério? Espero que nunca dê certo!”, disse uma internauta num dos comentários do vídeo no Vimeo.

A StartRocket pretende lançar o que chama de Orbital Display até 2020, e começará a exibir anúncios no céu noturno até 2021. Seus cubesats irão orbitar a uma altitude entre 400 e 500 quilômetros e só serão visíveis a partir de o solo por cerca de seis minutos de cada vez.

Resta saber, caso o projeto vingue, quanto a empresa irá cobrar pela veiculação. Já imaginou o CPM dessa mídia?

Fonte: PROPMARK

Juliana Silveira

Author Juliana Silveira

More posts by Juliana Silveira

Leave a Reply