Pois então, comemorar o Dia dos Namorados em plena pandemia do Coronavírus tem suas peculiaridades…

Para muitos, a data exigirá muita criatividade. Para muitos mesmo, já que tanto para quem está vivendo este momento distante de quem se ama, quanto para quem divide o mesmo teto com este alguém, em confinamento, surpreender fica mais difícil nos tempos nos quais vivemos.

Falta dinheiro para grandes investimentos em presentes, falta segurança para isso. Falta mobilidade, contato visual, para quem namora “cada um na sua casa”. E falta a opção de ambientes românticos e aquele “rolé” para os que vivem o excesso da presença e o desgaste do dia a dia, sob o mesmo teto. As pantufas e a calça de abrigo também não seduzem, então resta apelar para a tal criatividade da qual falei, e que pode salvar este Dia dos Namorados estranho de 2020.

O mercado oferece cestas personalizadas, jantares românticos entregues em casa, presentes e flores para compra online. Só que surpreender no amor não se trata somente de presentear. Vivemos tempos nos quais a afetividade ganhou espaço e poder por “W.O”. Não é assim que se chama o jogo no qual a concorrência não aparece?

Pois bem, vivemos na ausência de fugas do afeto.  Afinal, mergulhamos nas conexões afetivas quando a pandemia nos colocou para dentro de casa, da gente, e, de frente para o outro. Então, naturalmente, nos restou ficarmos criativos para nos conectarmos a que amamos. Criamos jeitinhos, alternativas, com a apimentada do tanto que passamos a conhecer as pessoas que tanto amamos e que, nestes tempos, estão sob os nossos holofotes.

Andei pesquisando por aí e pesquei algumas dicas para passarmos a nossa sexta-feira dos “enamorados”:

  1. Peça um Delivery da comida que o seu(sua) parceiro(a) gosta mais;
  2. Monte uma playlist para ele(a) das músicas que embalaram a história de vocês;
  3. Troquem um presentinho que realmente vá preencher o tempo dele(a) na sua estada em casa;
  4. Combinem um cineminha, mesmo à distância, por conferência, ou juntinhos no sofá, se puderem;
  5. Façam ligações de vídeo que os coloquem mais próximos neste momento, mesmo para jogar conversa fora e dar algumas risadas… amor combina com bom humor;
  6. Monte presentes caseiros… nada vale mais do que o feito pelas mãos de quem se ama;
  7. Se tem filhos? Coloque-os para servi-los nesta noite especial. Pode ser muito divertido e fazer dessa uma noite diferente;
  8. E faça uma declaração de amor…

Essa última me lembra uma declaração que marcou a minha infância. Um pedido de casamento, exposto em um frontlight, no caminho do centro da cidade. Não parava de pensar na felicidade da garota quando deu de cara com aquilo! Não é legal?

Em tempos nos quais andamos por aí de carro ou andando, para dar uma arejada, pode ser uma alternativa bacana, criativa e um super presentão. É uma opção, que vale ser feita no tamanho que for, na rua ou em um bilhetinho embaixo do travesseiro.

Fica a dica! Em tempos de pandemia, amar exige criatividade.

Um feliz Dia dos Namorados é o que deseja a equipe apaixonada da H Mídia para você e o seu amor! O que não faltam são boas ideias 🙂

Juliana Silveira é co-founder da Dtail Gestão de Conteúdo e criadora do blog New Families, onde escreve semanalmente com um olhar de sensibilidade única sobre o recomeço da família após o divórcio.

Juliana Silveira

Author Juliana Silveira

More posts by Juliana Silveira

Leave a Reply