Que as mídias OOH seguem vitais para a comunicação das marcas, independente do tamanho ou da verba, por conta do seu impacto nas pessoas em seus cenários da vida real, já se sabe. Se estiver na dúvida, convido você para uma leitura aos dois primeiros textos dessa série que define, contextualiza e mede a mídia OOH. Mas sabemos também que o mundo está rolando frouxo nas mídias digitais. Que já não vivemos sem elas. Então vem a questão que precisamos enfrentar…

Como combinar a OOH com práticas de marketing digital?

O maior monitor digital do mundo, instalado na Times Square e inaugurado em 2014, teve o Google como estreante, e a Netflix investiu cerca de US$ 150 milhões na compra de 32 painéis na Sunset Strip, em Los Angeles, no ano passado.

Está claro que as gigantes da internet já perceberam a importância da mídia OOH, mesmo tendo consolidado suas marcas nas plataformas digitais. O fato é que estamos vivendo um momento de integração no qual o mundo online se mistura cada vez mais com o off-line. Nesse sentido, as possibilidades da mídia Out of Home se tornam ainda maiores e as chances de capturar a atenção do público também. 

OOH e redes sociais

Imagine casar o imenso potencial de engajamento das redes sociais com o incomparável alcance e impacto das mídias Out of Home. Não é uma combinação e tanto? Atualmente, o incentivo ao uso de alguma hashtag é a ação mais comum promovida pelas empresas, mas vários outros recursos podem ser explorados. É o caso de metas a serem cumpridas em troca de apresentações ou prêmios (como número de curtidas ou postagens), e promoções que estimulem a produção de conteúdo pelo público (como fotos, vídeos e posts) entre outros. Em todo caso, a criatividade é fundamental.

OOH e plataformas digitais

Já imaginou comprar um espaço publicitário em um outdoor digital em sua cidade sem precisar sair de casa e ainda contar com métricas e recursos de segmentação? Isso já é possível em algumas regiões do país e a expectativa é que a contratação de serviços de mídia Out of Home seja progressivamente simplificada e semelhante à compra de banners patrocinados na internet. O avanço da tecnologia nos monitores está transformando esses equipamentos em verdadeiras janelas para a internet. A experiência em grandes centros comerciais será mais familiar com a experiência de usuários em sites e blogs que, geralmente, compartilham sua “paisagem” com anúncios interativos.

Ainda assim, mesmo em painéis, pilares, flyers e cartazes tradicionais feitos em papel, é possível trabalhar a interação com plataformas digitais. Podemos citar, por exemplo, a combinação das mensagens anunciadas com funcionalidades de aplicativos (como o QR code) e a disponibilização de códigos promocionais que conferem prêmios ou descontos em e-commerce.

OOH e segmentação

A segmentação é um dos pontos mais fortes do Marketing Digital e a mídia Out of Home não fica atrás nesse sentido, embora seus formatos sejam normalmente voltados para a divulgação em massa. Um dos principais diferenciais da digitalização dos inventários externos é que os anúncios ganham vida e são capazes de se transformar várias vezes, de acordo com as estratégias e preferências do anunciante. Monitores mais avançados permitem sincronizar as imagens com o horário, datas comemorativas, fluxo de pessoas no local e até as condições meteorológicas do momento. Se você trabalha com a venda de sorvetes ou sucos, por exemplo, imagine o quão conveniente seria exibir seu anúncio exatamente nos horários de maior calor durante o dia.

E então? Ideias saltando da sua cabeça? A minha ferveu de pensar no potencial desse casamento. Afinal, quem não tem cão, caça com gato. E como na vida, nas mídias essa junção funcionou muito bem… até demais!

Juliana Silveira é co-founder da Dtail Gestão de Conteúdo e criadora do blog New Families, onde escreve semanalmente com um olhar de sensibilidade única sobre o recomeço da família após o divórcio. É também autora do livro Divórcio: A Construção da Felicidade no Depois.

Juliana Silveira

Author Juliana Silveira

More posts by Juliana Silveira

Leave a Reply